23.03.13

 Galipan é um pueblo perdido nos acidentes montanhosos do Ávila, com mais de 200 anos de história, que deixa para trás a vista caraquenha para se concentrar na mirada às infinitas águas do Caribe. Encontra-se a cerca de 2000 m de altitude.

Os primeiros habitantes desta aldeia de montanha chegaram no século XVIII, vinham das Canárias e dedicavam-se ao cultivo de café e fruta. Apesar de lutarem por manter esta tradição, hoje incluem nos seus cultivos as flores, os morangos e os legumes. Com a declaração, em 2004, de local de interesse turístico, a maioria dos seus habitantes dedica-se a essa atividade, tendo aumentado significativamente a oferta de quiosques, restaurantes, posada e pontos de venda de todo o tipo de produtos.

Às portas da capital, é uma ótima opção para passar um sábado ou um domingo, não exigindo um planeamento rigoroso e permitindo relaxar e respirar ar fresco e frio... Não deixe de levar um casaco, em alguns dias, um impermeável ou guarda-chuva, pois vai estar ao nível das nuvens ou acima destas e as chuvas são frequentes.

 

É possível chegar de carro, se for 4X4, caso contrário não permitem o acesso devido aos declives acentuados do trajeto. A sugestão é dirigir-se à estação do teleférico junto ao distribuidor de San Bernardino, na cota mil (auto-estrada Boyacá) e fazer o trajecto de teleférico. Uma viagem impressionante pela vista que oferece de Caracas e da selva tropical sobre a qual sobe... chegados a Galipan, pela vista de Mar. O teleférico percorre 3,5 km, em linha recta, da cota 1000 à cota 2000.

Arrepiante!

 

 

 

 

Saindo da estação caminhe pela estrada que o conduz às portas da aldeia e tome um jipe, que o transportará até à aldeia através de um atribulado caminho rochoso. Esta viagem também se pode fazer a pé, levando uns 40 minutos, ou seja, consumindo a energia que necessitará para disfrutar da aldeia.

 

Passeie pelas ruas da aldeia, escolha um restaurante com vista panorâmica ( Casa Pakea, Nana-coco, Granja-Natalia) e disfrute do aconchego de um recinto coberto num contexto bastante fresco face aos habituais 30⁰C de Caracas.

 

Há alguns restaurantes que oferecem o transporte desde Caracas até Galipan, não tendo o cliente que se preocupar com esta logística, mas não experimentei esta modalidade.

tags:
publicado por viagenslatinas às 12:38

Twitter
Relatos de uma Europeia a residir, temporariamente, na Venezuela, das suas viagens pelo continente americano, aproveitando para conhecer algumas das inúmeras ilhas banhadas pelo Mar Caribe.
mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21

24
25
26
27
28
29
30

31


arquivos
2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO