22.03.13

El Hatillo é uma tipica aldeia venezuelana (pueblo), relativamente bem conservada, a apenas 20 minutos do centro da capital, a sul do rio Guaire que divide Caracas. Uma das poucas aldeias sobreviventes nos arredores caraquenhos.

 

Este é o local ideal para escapar à rotina citadina de dispõe de apenas algumas horas. A viagem não carece de grande preparação e a visita à aldeia não é demorada e permite-nos adquirir recuerdos típicos de todos os pontos do país e de todas as etnias.

A viagem de Caracas até El Hatillo é deliciosa, permirte-nos vislumbrar os constrastes socio-económicos que o passar do tempo ofereceu à área metropolitana. Desde sectores populares até autênticas mansões aconchegadas pelo relevo montanhoso que nos conduz ao destino.

 

Chegados, há que estacionar nos parques existentes à entrada da aldeia, que se caracteriza pelas suas ruas estreitas e num instante o trânsito fica caótico. seguidamente devem-se explorar, caminhando, as ruas e vielas que nos conduzem à Praça Simón Bolívar.  Nesta encontram-se com frequência exposições de arte contemporânea.

 

 Por toda a aldeia há inúmeros restaurantes e cafés. Recomendo La Petit Suisse, que é um restaurante que recria integralmente o ambiente europeu franco-suiço, desde a decoração, passando pelo menu, até à indumentária dos colaboradores. Impera o detalhe, sempre em tons rouge: cortinas e cortininhas, flores e vazinhos, naperons e paninhos, etc.. Este estabelecimento é muito popular pelos seus fondues (de queijo, carne, chocolate), assim como pela raclette. Mas o churrasco e o pappelotte de salmão também são deliciosos. No final, é convidado a validar a conta num tablet.

 

Se a visita o convidar a adquirir um souvenir e a disposição lhe permita, não deixe de visitar a infindável loja HANNSI. Aqui pode encontrar todo o tipo de objetos tipicos da Venezuela, para todas as bolsas, idades e tamanhos, incluso produtos alimentares, como os deliciosos cacao e café venezuelanos. Constituída por vários pisos e níveis, uma visita com o mínimo rigor consome facilmente duas horas.

Imperdível!

Saído do pueblo pode aproveitar para visitar a zona da La Lagonita, onde se situa um dos melhores country clubs de Caracas, denominado Club La Lagonita. Também pode aproveitar para dar uns passeios pela zona residencial e constatar, na primeira pessoa, que existem fortunas imobiliárias incalculáveis nesta cidade. Mansões para todos os tamanhos e estilos arquitéctónicos. Condomínios fechados com Km de ruas no seu interior. Áreas verdes a perder de vista!

tags:
publicado por viagenslatinas às 17:42

Twitter
Relatos de uma Europeia a residir, temporariamente, na Venezuela, das suas viagens pelo continente americano, aproveitando para conhecer algumas das inúmeras ilhas banhadas pelo Mar Caribe.
mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21

24
25
26
27
28
29
30

31


arquivos
2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO