04.09.13

 

Bogotá, uma agradável surpresa para uma viagem não programada!

 

 

Encontra-se 2600 m acima no nível médio das águas do mar e tem uma população que ronda os sete milhões de habitantes o que a torna tão cosmopolita como muitas capitais europeias. Possuidora de uma densa e eficiente malha de transportes públicos, bem como uma infindável quantidade de taxis, o que possibilita otimizar a visita à cidade. Contrariamente à ideia que muitas vezes se tem na Europa do país e da sua capital, não se sente insegurança.

 

A chegada ao aeroporto revela um país organizado, de arquitetura cuidada e asseado. O trajeto do aeroporto até ao centro da cidade confirmam-no!

 

Aquando da visita decorria a feira internacional do livro de Bogotá (FILBo) que tinha como país convidado Portugal. Trata-se da terceira feira literária mais importante da América Latina... Mas a visita não estava cunhada por objetivos literários! A segunda língua mais ouvida foi por isso o português (europeu), designadamente no selecionado Hotel Pestana Bogota 100, que à data tinha como Chefe convidado um português.

 

A não perder numa visita de dois dias e meio: Old Bogota (La Candelaria), a partir da qual se pode ir ao Cerro de Monserrate, Museo del Oro, Museo Nacional, Museo Botero e todo o centro histórico.

 

Centro histórico

Conhecido como a Old Bogota, onde deambular nos surpreende com uma infinidade de monumentos, praças, edificios estatais de distintas arquiteturas e, naturalmente, centenas de opções para descansar, tomar um café ou fazer uma refeição. Também a oferta comercial é farta e diversa, sublinhando-se as inúmeras ourivesarias dedicadas essencialmente ao comércio das famosas esmeraldas columbianas. Também é possível visitar o Museu da Esmeralda na Torre Avianca, que conflui para a mesma praça do Museo del Oro.

 

Cerro de Monserrate

A visita ao Cerro de Monserrate pode fazer-se de funicular até às 13h e de teleférico na parte da tarde, num íngreme percurso impróprio para os menos afoitos. Trata-se do símbolo por excelência da capital colombiana, ascende a uma altitude de 3 152 m, alberga o Santuário do Señor Caído, lugar de peregrinação de colombianos e estrangeiros. Vigiando a cidade noite e dia e rodeado de vegetação luxuriante possibilita uma vista verdadeiramente inebriante da cidade. Chegados ao topo, as opções vão da religião à gastronomia, passando pelo desporto e o comércio de produtos tradicionais de toda a Colômbia.

Já na cidade, de qualquer ponto que se olhe, se vislumbra Monserrate. Imperdível!

 

Museo del Oro

Considerado um dos maiores museus do ouro do mundo, permite-nos percorrer a história da humanidade através da história do ouro. Basta entrar no museu para sentir que se trata de um lugar mágico impregnado de história adornada milionariamente por este metal precioso. São 34 000 peças de ouro, mais de 20 000 objetos ósseos, liticos, cerâmicos e têxteis que pertenceram a treze sociedades pré-hispânicas: Tumaco, Nariño, Cauca, Calima, San Agustín, Tierradentro, Tolima, Quimbaya, Muisca, Urabá y Chocó, Malagana, Zenú y Tairona.

Num edifício de linhas retilíneas e abertas, do mais sóbrio que o design contemporâneo pode oferecer, apresenta em três pisos o trabalho do metal, o seu uso contextualizado na organização política e religiosa e, por último, no terceiro piso, a cosmología e o simbolismo. Aqui, acercamo-nos aos chamanes, sempre sentados em permanente êxtase e em transe...

 

Onde Comer

Não deixe de jantar na “tasquinha” Tapas Macarenas, com Certificado de Excelência de 2013 atribuído pelo TripAdvisor, onde seis pequenos galos de barcelos miram os convivas, trazidos pelas tunas portuguesas que costumam frequentar este restaurante nos seus tours por Bogotá. É um local encantador, com apenas quatro mesas, presenteia-nos com iguarias hispânicas inegualáveis... Também se recomenda Casa Ibañez, Mi Viejo, etc.

 

...e muito mais! Bogotá, uma capital latinoamericana impossível de disfrutar cabalmente numa só visita!

publicado por viagenslatinas às 00:35

Twitter
Relatos de uma Europeia a residir, temporariamente, na Venezuela, das suas viagens pelo continente americano, aproveitando para conhecer algumas das inúmeras ilhas banhadas pelo Mar Caribe.
mais sobre mim
Contador visitantes
pesquisar
 
Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos
2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO