23.03.13

 Galipan é um pueblo perdido nos acidentes montanhosos do Ávila, com mais de 200 anos de história, que deixa para trás a vista caraquenha para se concentrar na mirada às infinitas águas do Caribe. Encontra-se a cerca de 2000 m de altitude.

Os primeiros habitantes desta aldeia de montanha chegaram no século XVIII, vinham das Canárias e dedicavam-se ao cultivo de café e fruta. Apesar de lutarem por manter esta tradição, hoje incluem nos seus cultivos as flores, os morangos e os legumes. Com a declaração, em 2004, de local de interesse turístico, a maioria dos seus habitantes dedica-se a essa atividade, tendo aumentado significativamente a oferta de quiosques, restaurantes, posada e pontos de venda de todo o tipo de produtos.

Às portas da capital, é uma ótima opção para passar um sábado ou um domingo, não exigindo um planeamento rigoroso e permitindo relaxar e respirar ar fresco e frio... Não deixe de levar um casaco, em alguns dias, um impermeável ou guarda-chuva, pois vai estar ao nível das nuvens ou acima destas e as chuvas são frequentes.

 

É possível chegar de carro, se for 4X4, caso contrário não permitem o acesso devido aos declives acentuados do trajeto. A sugestão é dirigir-se à estação do teleférico junto ao distribuidor de San Bernardino, na cota mil (auto-estrada Boyacá) e fazer o trajecto de teleférico. Uma viagem impressionante pela vista que oferece de Caracas e da selva tropical sobre a qual sobe... chegados a Galipan, pela vista de Mar. O teleférico percorre 3,5 km, em linha recta, da cota 1000 à cota 2000.

Arrepiante!

 

 

 

 

Saindo da estação caminhe pela estrada que o conduz às portas da aldeia e tome um jipe, que o transportará até à aldeia através de um atribulado caminho rochoso. Esta viagem também se pode fazer a pé, levando uns 40 minutos, ou seja, consumindo a energia que necessitará para disfrutar da aldeia.

 

Passeie pelas ruas da aldeia, escolha um restaurante com vista panorâmica ( Casa Pakea, Nana-coco, Granja-Natalia) e disfrute do aconchego de um recinto coberto num contexto bastante fresco face aos habituais 30⁰C de Caracas.

 

Há alguns restaurantes que oferecem o transporte desde Caracas até Galipan, não tendo o cliente que se preocupar com esta logística, mas não experimentei esta modalidade.

tags:
publicado por viagenslatinas às 12:38

Twitter
Relatos de uma Europeia a residir, temporariamente, na Venezuela, das suas viagens pelo continente americano, aproveitando para conhecer algumas das inúmeras ilhas banhadas pelo Mar Caribe.
mais sobre mim
Contador visitantes
pesquisar
 
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21

24
25
26
27
28
29
30

31


arquivos
2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO