22.03.13

Este arquipélago destina-se aos amantes da natureza e do romantismo, com elevado poder aquisitivo. Existem ofertas mais económicas e de conforto standardizado (hotéis de 5 estrelas) noutros pontos do Caribe. Assim, a estadia pode converter-se num pesadelo se não nos informamos convenientemente, ou num sonho transformado em realidade se aferimos as espectativas antes da viagem.

 

Não deixar de levar protetor solar com elevado índice de proteção, material de snorkeling (embora se possa alugar), sapatos com proteção de silicone para passear nos corais e equipamento fotográfico. 

 


Em Los Roques impressionou-me o facto de não existirem vidros. Não há nenhuma janela com vidros... não consegui entender porque razão. O ar condicionado dos quartos está ligado todo o dia, a par de uma construção altamente ineficiente do ponto de vista energético. As janelas têm apenas criativas portadas de madeira.

 

A pousada Arrecife, na qual fiquei alojada, possui um staff amistoso e solicito, complementado por uma arara adorável e um papagaio que chama recorrentemente por um dos mordomos:

 - Roberto!

- Robeeerto!

- Roberto!!

 

Imitando de forma exímia a auxiliar de cozinha.

A comida é requintada, sabiamente preparada pelo Chefe Henrique. Preparam um ceviche de barracuda delicioso. Este prato é típico dos países latinoamericanos, constituído por peixe cru, marinado em sumo de lima e sal e servido com legumes.

Delicioso e saudável!

 

Na Gran Roque não há praia, para fazê-lo é necessário ir de barco (piñero) para os Cayos ou para os bancos de areia. Esta logística, incluindo guarda-sol e cadeiras, está assegurada e faz parte do pacote de alojamento.

As pousada são contratadas em regime de pensão completa, sendo o pequeno almoço personalizado e o almoço é preparado de manhã e colocado numa mala térmica (cava) que o staff se encarrega de transportar até ao cais de embarque. O transporte de barco até ao Cayo desejado está incluído no pacote para as ilhas mais próximas. Para visitar as ilhas mais afastadas, como Los Mosquises, onde se encontra a Fundação Científica de Los Roques, com maternidades de três espécies distintas de tartarugas, ou para o Cayo D'água, passando pelas colónias de flamingos têm custos adicionais.

 

Os sócios da Arrecife, italianos, possuem uma escola de mergulho (Arrecife Diver) oferencendo cursos, aluguer de equipamento e roteiros para os amantes desta prática.

 

Outra particularidade, é o facto da ilha principal se encontrar invadida por cães, embora já tenham implementado campanhas de esterilização, a população continua a aumentar.

O abastecimento de água é realizado através de uma estação dessalinizadora e a energia também é produzida na ilha. Esta última falta frequentemente ao fim da tarde ou durante a noite, obrigando a acionar os grupos geradores o que nos consciencializa do estágio rudimentar em que se encontra o arquipélago em pleno século XXI.

 

Em algumas ilhas existem pequenos restaurantes que oferecem peixe e marisco acabado de pescar, é conveniente manifestar o desejo de almoçar logo pela manhã, porque os recursos são escassos e variam de dia para dia. Também não é possível escolher o menu, pois este está dependente do que se pesque nesse dia.

 

Na Fundação Científica Los Roques, em Dos Mosquises, é possível visitar as salas de cría, onde permanecem as várias espécies de tartarugas antes de serem lançadas ao seu ambiente natural.

Emocionante!

Esta ilha também possuí um espólio arqueológico interessante que nos transporta até às visita dos Ameríndios, num passado remoto, para dar cumprimento aos seus rituais.

 

O balanço da visita a Los Roques resume-se a uma sensação de paz interior, recuperação de energia e uma vontade de fazer mais por um país que não aposta na divulgação nem no turismo.

 

Los Roques a não perder!

 

 

 

publicado por viagenslatinas às 01:57

Twitter
Relatos de uma Europeia a residir, temporariamente, na Venezuela, das suas viagens pelo continente americano, aproveitando para conhecer algumas das inúmeras ilhas banhadas pelo Mar Caribe.
mais sobre mim
Contador visitantes
pesquisar
 
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21

24
25
26
27
28
29
30

31


arquivos
2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO